Publicado em: 07/04/2017 14h18 - Atualizado em 17/04/2017 09h19

Convênio para implantação do Centro de Iniciação no velódromo não foi firmado

Secretaria divulgou parceria em janeiro e Estado afirma que foi só "um pedido"

Anieli Barboni
Werner Munchow Prefeitura divulgou assinatura de um convênio R$ 328 mil, quando houve a formalização de um pedido que foi negado
A Prefeitura de Indaiatuba não tem ainda um convênio assinado com a Secretaria de Esporte Lazer e Juventude (Selj) do Estado de São Paulo para a implantação do Centro de Iniciação e Treinamento ao Ciclismo de Pista no velódromo da cidade, diferente do que foi anunciado no início do ano pela administração. Quem confirma a informação com exclusividade à Tribuna é o secretário-adjunto da Pasta, Silvio Garcia Junior.
No dia 24 de janeiro deste ano, Garcia Junior visitou a cidade e, então, foi informado pela Secretaria Municipal de Esportes que, na ocasião, o prefeito Nilson Gaspar (PMDB) tinha recebido em seu gabinete o secretário-adjunto para assinatura do convênio de implantação do Centro de Iniciação e Treinamento ao Ciclismo de Pista. "O acordo visa alcançar o desenvolvimento integral de 30 atletas de alto rendimento com treinamento e avaliação física constante, buscando a melhoria de marcas individuais e coletivas, mais um projeto educacional para o treinamento de crianças e adolescentes. O convênio assinado é no valor de R$ 328.201", dizia o material enviado pela Comunicação da Prefeitura. "O valor proveniente do Estado é destinado à aquisição de equipamentos de ciclismo de pista que serão utilizados no Velódromo Municipal", continuava o release enviado à imprensa. A Tribuna chegou a divulgar a notícia na época, e como o projeto funcionaria, conforme explicado pela Secretaria Municipal de Esportes.
Na semana passada, a reportagem questionou a Secretaria Municipal de Esportes para saber quando o projeto e o Centro de Iniciação e Treinamento ao Ciclismo de Pista teria início na cidade e se o município já tinha recebido o valor proveniente do Estado. A Pasta respondeu, por meio de sua assessoria de comunicação, que ainda não tinha recebido o valor. "Estamos concluindo a parte burocrática para receber o recurso. Todo equipamento e cronograma para início de aulas será feito após a liberação da verba", informou.
Revés
A Tribuna também questionou a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, por meio de sua assessoria de imprensa. A mesma respondeu, nesta semana, que não existe um convênio assinado. "A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo (Selj) esclarece que, na ocasião da visita do secretário-adjunto Silvio Garcia Junior à cidade de Indaiatuba, não foi celebrado nenhum convênio. O prefeito entregou um ofício solicitando apoio na implantação do Centro de Iniciação e Treinamento ao Ciclismo com a aquisição de equipamentos de ciclismo. O pedido foi encaminhado e segue em análise de documentação e demais requisitos. Os Centros de Formação e Excelência Esportiva passam atualmente por um programa de reformulação e terão todas suas condições, legislação e requisitos publicados ainda no primeiro semestre de 2017", informou a Selj.
Questionada mais uma vez, a Secretaria do Estado esclareceu, por telefone, que não dá para saber quais cidades vão receber os Centros de Formação e Excelência Esportiva porque o convênio não foi assinado. Somente após a publicação do novo edital, com todas as condições, requisitos e valores, é que serão firmados contratos.
Prefeitura
A Prefeitura de Indaiatuba, então, foi questionada novamente sobre a divulgação da assinatura do convênio com o valor, sendo que, de acordo com a Pasta estadual, ele não existe. A assessoria não comentou a publicação de janeiro, mas informou que "na quarta-feira, dia 5, a equipe técnica da Prefeitura participou de uma reunião na Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, onde foi informada de que a proposta de Indaiatuba prevendo a aquisição de bens é incompatível com os recursos disponibilizados pelo convênio, destinados a custeio. Desta forma, a Secretaria de Estado orientou o município a alterar o projeto de aquisição para locação dos materiais necessários, o que está em andamento e a nova redação será entregue na próxima semana".

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • A CABANA
  • DESPEDIDA EM GRANDE ESTILO
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • FRAGMENTADO
  • A BELA E A FERA