Publicado em: 07/08/2017 15h17 - Atualizado em 09/08/2017 12h31

Cenas fortes marcam drama francês do Cineclube no Shopping Jaraguá

Frantz é retratado quase todo em preto e branco e fala das cicatrizes da guerra

Da Redação
O diretor François Ozon inicia o filme Frantz de um modo terno. Enquanto perambula pelo centro da cidade, a alemã Anna (Paula Beer), que perdeu o noivo em uma batalha na recém-
encerrada Primeira Guerra, se interessa por um vestido exposto em uma vitrine. Logo em seguida, ela transfere seu interesse para um buquê de flores.
Aparentemente satisfeita com o investimento, com o buquê nas mãos, Anna vai até o cemitério e ao túmulo do noivo, Frantz. Lá, algo diferente atrai o olhar da moça, que encontra ali flores deixadas por um visitante francês. Ao retornar, no dia seguinte, ela novamente vê o enlutado no mesmo local.
Anna, então, procura o coveiro e pergunta quem havia deixado as flores sobre o túmulo; ele apenas mostra a ela uma moeda francesa e cospe no chão. O visitante é Adrien Rivoire (Pierre Niney), amigo do falecido, que havia ido até lá para conhecer a vida de Frantz antes da guerra.
Durante as quase duas horas do longa, Ozon aprimora seu bom gosto, através de cenas belas, fortes e secretas, quase todas em preto e branco. O diretor confere cor ao filme no momento em que retrata a fantasia que habita apenas na mente de seus personagens, especialmente nado francês Adrien. Igualmente desolado por conta do conflito, ele traz mais do que flores ao túmulo de Franz - sua presença indesejada, perturbando o período paralisado pelo luto.
Frantz é destaque da programação do Cineclube do Shopping Jaraguá, que exibe o longa hoje, às 19h30. Presente no Festival de Veneza de 2016, o drama francês é delicado e contido, baseado na obra Não Matarás, de Ernst Lubitsch. O ponto forte do longa está nas cenas silenciosas, cadenciadas, que transformam uma história de luto (e também de amor) em um filme com belos olhares.
O forasteiro é mal visto na pequena cidade alemã onde Frantz viveu, já que as feridas deixadas pela guerra ainda estão abertas. O pai do soldado morto se recusa a falar com ele. Ao contrário, Anna enxerga nos relatos dele sobre a amizade um novo jeito de reviver um pouco do noivo levado pelo conflito.
Adrien parece o tempo todo guardar uma angústia sobre a perda do amigo, e acaba por criar um laço com Anna. Por fim, a família de Frantz, que a considera como uma filha, termina por receber o francês e a se afeiçoar a ele, que ainda os ajuda a suportar a dor da morte sem enveredar pelo caminho do esquecimento.
O filme conta a história da alemã Anna, que perdeu o noivo em batalha na Primeira Guerra O filme conta a história da alemã Anna, que perdeu o noivo em batalha na Primeira Guerra (Crédito: Divulgação)
Adrien guarda a angústia da ausência do amigo, e acaba criando laços com a família dele Adrien guarda a angústia da ausência do amigo, e acaba criando laços com a família dele (Crédito: Divulgação)

François Ozon constroi a trama de forma leve

Várias vezes, através do silêncio, Ozon constrói o drama de forma mais leve, e mesmo quando a situação parece ser previsível, o diretor não toma atalhos. Em meio a perdas e traumas, o diretor consegue encontrar espaço para fugir do lugar comum, e ao final, atingir uma maturidade inédita no gênero.
É o instante em que Anna, com poucas palavras, seca suas últimas lágrimas e acena com um brinde à sua juventude, a despeito dos escombros da guerra e, sobretudo, à sua própria vida, repleta de promessas e descobertas que ainda estão por vir.
Dessa forma, Adrien, ao ser perguntado por Anna sobre as marcas no corpo, diz: "Minha única marca é Frantz". A pequena frase contém a síntese do filme. Mesmo tecendo uma trama cheia de reviravoltas, Ozon nos traz um drama não sobre a ferida, mas sim, sobre as cicatrizes.
Após a exibição de Frantz, somente hoje no Topázio, os espectadores serão convidados a participar do debate sobre a obra. Os ingressos custam R$ 12, e maiores de 60 anos pagam o valor promocional de R$ 6.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • PLANETA DOS MACACOS: A GUERRA
  • O FILME DA MINHA VIDA
  • SOUNDTRACK
  • DUNKIRK
  • EM RITMO DE FUGA
  • TRANSFORMERS: O ÚLTIMO CAVALEIRO
  • CINECLUBE - FRANTZ
  • CARROS 3
  • D.P.A - DETETIVES DO PRÉDIO AZUL
  • HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR
  • MEU MALVADO FAVORITO 3