Publicado em: 09/11/2017 16h21 - Atualizado em 14/11/2017 11h09

OSC Gabriel e Anhanguera firmam parceria em projeto

Dez deficientes visuais iniciam as aulas no final deste mês

Adriana Brumer Lourencini
A Organização da Sociedade Civil (OSC) Gabriel e a faculdade Anhanguera de Indaiatuba acabam de celebrar parceria no projeto Olhos do Coração dos Amigos dos Deficientes Visuais.
A instituição de ensino irá viabilizar o curso de orientação e mobilidade aos cegos; e as aulas terão início no próximo dia 21 de novembro, com duração de seis meses. O Olhos do Coração surgiu por iniciativa da OSC Gabriel, por meio de Osvaldo Jesus de Moraes Junior, idealizador e gestor do projeto.
Segundo Maria Inês de Carvalho, presidente da Gabriel, durante os encontros realizados com os deficientes visuais no decorrer dos últimos meses, percebeu-se que a maior dificuldade para realização das atividades desejadas por eles era justamente a locomoção e a dependência para conseguir chegar aos locais pretendidos.
"Logo no começo, o projeto tinha apenas o curso de massoterapia", lembra. "Foi então que reunimos as pessoas cegas ou com visão parcial para conhecer as necessidades, especialmente na questão da mobilidade, hoje o maior obstáculo dos deficientes no geral", explica Maria Inês.
Assim, Osvaldo e demais membros da diretoria da entidade resolveram iniciar as atividades programadas pelo curso de orientação e mobilidade. "Foi então que começou a corrida para a viabilização do projeto", continua ela. "Há vários anos a Gabriel participa de editais de concursos, incluindo os da Fundação Volkswagen", completa a presidente.
Estrutura
Além de sediar o curso inicial para capacitar dez deficientes visuais, a faculdade irá disponibilizar professor e dois alunos de Fisioterapia para fazer parte da capacitação, com a finalidade de se tornarem multiplicadores das ações propostas por Carolina Camargo, terapeuta ocupacional responsável pelo curso.
"Procuramos ampliar o projeto e procuramos a Anhanguera para nos apoiar nessa realização, e fomos recebidos de braços abertos pela diretora, a professora Miriane Almeida Fernandes e pelo coordenador acadêmico, professor Marcos Rodolfo Firmino Pinto", completa Maria Inês.
O Concurso Volkswagen na Comunidade recebeu nesta 10ª edição, 1.259 inscrições de 25 estados do país. A OSC Gabriel ficou classificada entre os 20 finalistas e foi premiada entre os dez vencedores do país, recebendo o aporte de R$ 40 mil para aplicar no projeto.
Curso ensina práticas de mobilidade em situações reais Curso ensina práticas de mobilidade em situações reais (Crédito: Valdir de Carvalho (OSC Gabriel))
Equipes da entidade e da instituição de ensino darão início às atividades já em novembro Equipes da entidade e da instituição de ensino darão início às atividades já em novembro (Crédito: Valdir de Carvalho (OSC Gabriel))

Iniciativa tem o objetivo de ampliar as ações na cidade

"Desde quando apresentamos o projeto à Anhanguera eles se prontificaram a participar", revela Osvaldo. "A princípio, a ideia era a de trabalhar individualmente, com turma de cinco alunos. Porém, agora conseguimos formar um grupo de dez participantes", detalha.
O gestor também garante que o projeto inclui o custeio aos deficientes visuais. "Eles terão transporte e até as bengalas para as aulas práticas, que serão realizadas nas ruas da cidade. Ao final do curso, todos farão um tour pela região central da capital paulista, com direito a passeio de metrô e visitas a museus, entre outras atividades", cita Osvaldo.
Todas as atividades do Olhos do Coração serão descritas em relatórios, que serão enviados à Fundação Volkswagen no final do curso. "Esses documentos vão garantir a participação da OSC Gabriel em outro projeto da Fundação, que é o Sustentabilidade, e irá oferecer mais R$ 40 mil", comenta.
"Esta é uma conquista que não tem preço, já que o prêmio de uma empresa multinacional traz mais credibilidade à Gabriel. Além disso, foi a primeira vez que uma entidade do município ganhou este prêmio. Indaiatuba tem muitos projetos excelentes (não só da OSC Gabriel), por isso, acho que as empresas locais poderiam abrir editais para inscrever esses projetos", opina.
Inspiração
Osvaldo tem 42 anos, é membro da Gabriel há cinco anos, e também é deficiente visual. Ele conta que é casado e tem três filhos, o mais velho de 27 anos, o de 20 anos e a caçula, Gabriela, de sete anos. "Quando perdi a visão minha esposa estava grávida. Eu nunca vi minha menina, mas ela é a luz dos meus olhos", confessa ele, emocionado.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • GOSTO SE DISCUTE
  • DEPOIS DAQUELA MONTANHA
  • A NOIVA
  • A MENINA ÍNDIGO
  • THOR: RAGNAROK
  • TEMPESTADE: PLANETA EM FÚRIA
  • BIG PAI, BIG FILHO
  • PICA-PAU
  • HISTORIETAS ASSOMBRADAS: O FILME
  • CINECLUBE - UMA MULHER FANTÁSTICA
  • AS AVENTURAS DO CAPITÃO CUECA
  • A COMÉDIA DIVINA
  • COMO SE TORNAR O PIOR ALUNO DA ESCOLA