Publicado em: 01/03/2018 13h27 - Atualizado em 02/03/2018 17h51

O futuro não é uma caixa preta

"Você está preparado para o futuro?"
Há mais de 40 anos o futuro deixou de ser uma caixa preta. Quando a sra. Faith Porporn testou a sua metodologia de predição e lançou o primeiro relatório, nos anos 80, com afirmações convictas sobre ao que iria acontecer na virada do século, quase 20 anos à frente, o mundo tremeu. "Louca" foi o adjetivo mais amigável que lhe atribuíram. "Quem é essa senhora para afirmar o que vai acontecer no futuro"? Mas o fato é que a sua metodologia funcionou e mais de 80% das suas predições aconteceram. Parece fazer muito tempo que isso ocorreu, mas considerando toda a história da humanidade, foi ontem. Por ser novo, este tema ainda é ignorado por escolas, empresas e, principalmente, por profissionais. Parece que há um pacto de ignorar o futuro, sendo que é lá que estão as tendências e as grandes oportunidades de fazer algo diferente hoje e sair na frente. Não preciso explicar aqui o quanto vale o pioneirismo. Ser o primeiro tem e sempre terá um valor enorme.
Mas a história recente tem mostrado que quem está antenado com as tendências faz mais e melhor. O falecido Steve Jobs tinha uma frase muito polêmica e que lhe conferia quase um carimbo de arrogante e prepotente. A frase era: "As pessoas não sabem o que querem até nós mostrarmos a elas". O que você acha? Parece ou não prepotência?
Na verdade, de prepotência essa frase não tem nada. Jobs tampouco tinha uma bola de cristal ou algum parentesco com a falecida Mãe Diná. O que esse cara e muitos profissionais que têm protagonizado os grandes projetos da atualidade possuem é uma competência clara, objetiva e que pode ser desenvolvida por você - visão de futuro.
Há coisas que vão acontecer e nos pegarão de surpresa? Sim, claro! Ninguém previu o 11 de setembro, o tsunami da Ásia e alguns dos recentes atentados em massa. Mas o imprevisível não conta 5% da conversa. O futuro não é só uma nova estrada, mas uma estrada que se conecta com o presente e, portanto, a partir de observações do presente, podemos predizer muito do que está por vir. Vivo isso todo dia, há 11 anos, com meu parceiro, sócio e amigo, Luis Rasquilha. Um aficionado pelo futuro e uma das referências no tema hoje no Brasil e no mundo. Quem o segue nas redes sociais, ou lê seus relatórios de tendência, sabe que muito do que ele fala acaba acontecendo.
Portanto, a minha ponderação hoje toca este tema e lhe deixa algumas perguntas, com caras de provocações: O que você sabe sobre o futuro? O que lê ou estuda sobre o tema? Quais são as tendências que irão impactar a sua área de atuação e a sua profissão.
Por mais difícil que possa parecer, a resposta para esta última pergunta existe e não é difícil de encontrar. Basta você entender que precisa se atualizar continuamente sobre as tendências e buscar as fontes confiáveis para beber. Deixo aqui uma boa indicação, com relatórios gratuitos e muitos outros conteúdos sobre futuro e tendências. Lá, há inclusive um relatório chamado "As profissões do futuro". O endereço é www.inovaconsulting.com.br e todo conteúdo que lá está foi muito bem selecionado pelo Prof. Luis Rasquilha.
Há várias outras fontes que você também pode usar. O importante é você entender que o futuro da sua carreira depende fortemente do seu conhecimento sobre o amanhã.
Até o próximo!

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • OPERAÇÃO RED SPARROW
  • A MALDIÇÃO DA CASA WINCHESTER
  • MOTORRAD: A TRILHA DA MORTE
  • DUDA E OS GNOMOS
  • PANTERA NEGRA
  • PEQUENA GRANDE VIDA
  • TRAMA FANTASMA
  • LADY BIRD: A HORA DE VOAR
  • CINELUBE - THE SQUARE: A ARTE DA DISCÓRDIA
  • CINQUENTA TONS DE LIBERDADE
  • TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME
  • VIVA: A VIDA É UMA FESTA
  • A FORMA DA ÁGUA
  • O TOURO FERDINANDO