Publicado em: 07/03/2018 16h27 - Atualizado em 12/03/2018 10h03

Liminar não deve alterar o planejamento do Primavera

Decisão judicial permite que clubes contratem atletas com mais de 23 anos

Anieli Barboni
Werner Münchow Jogadores durante treinamento físico, quarta, no Gigante da Vila: início dos preparativos
O Primavera não deve mudar sua estratégia para o Campeonato Paulista da Segunda Divisão após a liminar concedida pela Justiça que derrubou o limite de idade de jogadores para a competição. A decisão do juiz Artur Ribeiro Gudwin, emitida pela 11ª Vara do Trabalho de Campinas, derruba o artigo referente a esse tema. O regulamento da Federação Paulista de Futebol (FPF) previa que apenas jogadores com menos de 23 anos poderiam atuar na "Segundona". A FPF informou que vai recorrer.
O técnico do Primavera, Paulo Pereira, acredita que a liminar não irá durar e informou que o projeto de trabalhar com a base se mantém. "No ano passado também teve isso e não foi para frente, mas liberaram os clubes para contratarem até três atletas com idade superior", lembra. "Não vamos mudar nosso projeto. O Primavera tem hoje praticamente 95% do seu plantel fechado, onde 50% subiram da Copinha e os outros 50% são de idade até 23 anos. Falta apenas uma posição a ser fechada, que é a de zagueiro central, onde hoje só temos dois jogadores", afirma.
Caso a liminar não caia, a competição deve ficar desequilibrada, porém Pereira ressalta que poucos clubes têm condições de pagar por atletas mais velhos. "Alguns clubes vão sofrer com essa desvantagem e o clube que tem como investir mais consegue sucesso maior, mas pelo que conheço, poucos clubes dessa divisão tem condições de contratar atletas que estão jogando na A3 e A2. Muitos desses clubes passam por dificuldades financeiras para tocar o projeto em sete meses de campeonato e bancar os salários desses jogadores, que são mais altos, fica inviável", comenta. "Além disso, os clubes que vão jogar com a base já fecharam mais de 90% de seu plantel e agora ter que alterar esse processo, esperar até a competição da A2 e A3 terminar, para depois contratar jogadores acima de 23 anos, fica muito em cima do nosso campeonato. Isso teria que ter sido decidido antes", avalia.
A Tribuna também conversou com o gestor Almir Dionísio, que afirmou que a liminar não muda os planos dessa gestão. "Vamos trabalhar na mesma linha e aguardar a decisão final", afirma.
A liminar foi pedida pelo Sindicato de Atletas de São Paulo. A entidade justifica o pedido porque a exigência da idade dificulta o mercado para jogadores mais velhos, que ficariam sem emprego na área no segundo semestre, quando já terminou a maioria os torneios estaduais. Em 2017, uma liminar também foi concedida para derrubar a exigência da federação, mas, devido a proximidade do campeonato, as equipes optaram por não contratar atletas mais velhos. Nesse ano, eram permitidos apenas três atletas acima deste limite de idade.
Os clubes têm até 28 de março para registrar os jogadores que vão disputar a primeira rodada da "Segundona". A competição começa no dia 7 de abril. O Primavera estreia no dia seguinte, um domingo, contra o Itararé, na casa do adversário, às 15h.
Preparação
A comissão técnica e os jogadores se apresentaram na segunda-feira (5). Por enquanto, o trabalho está sendo de preparação física, com Maurino Boto. Na próxima semana, segundo o técnico, começa o trabalho tático em campo. Antes do início da competição, que começa no dia 7, o Fantasma da Ituana tem cinco amistosos pela frente. Alguns dos amistosos podem ser contra o Ituano, Guarani, Red Bull e Jaguariúna.

Jogo entre craques do passado vai homenagear título de 1977

Reprodução/Facebook Equipe do Primavera campeã em 1977: homenagem dia 25
Duas partidas de futebol irão lembrar os velhos tempos do Primavera e homenagear o elenco de 1977, que conquistou o Campeonato Paulista da Quarta Divisão. O evento será no dia 25 de março, quando o Gigante da Vila vai receber dois jogos com craques do Pri-
mavera dos anos 70, 80 e 90.
O primeiro jogo será de ex-jogadores do Fantasma dos anos 70 e 80 contra o máster do XV de Indaiatuba, às 8h.
Mais tarde, assim que acabar o primeiro duelo, os atletas da época de 1990 irão encarar os jogadores da Osan do mesmo ano.
A entrada é gratuita. No mesmo dia haverá uma cerimônia em homenagem ao elenco de 1977, pelo título conquistado há 40 anos.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • OS FAROFEIROS
  • O PASSAGEIRO
  • CINECLUBE - O INSULTO
  • PANTERA NEGRA
  • CINQUENTA TONS DE LIBERDADE
  • OPERAÇÃO RED SPARROW
  • A MALDIÇÃO DA CASA WINCHESTER
  • A FORMA DA ÁGUA
  • DUDA E OS GNOMOS