Publicado em: 29/06/2018 12h40 - Atualizado em 29/06/2018 18h10

Ex-noiva indenizada

A juíza de Direito Débora Kleebank, da 15ª Vara Cível de Porto Alegre, condenou um homem a pagar 200 mil reais por danos morais e estéticos à sua ex-noiva em razão de um acidente de carro, que a deixou tetraplégica. O acidente aconteceu em 1993, quando o casal viajava e o noivo perdeu o controle do veículo. Ela foi lançada para fora do carro depois que o cinto de segurança se rompeu, causando fratura na vértebra que a deixou tetraplégica aos 22 anos de idade. Ela se aposentou por invalidez e depois de dois anos, o casal se separou.
Em seu despacho, a juíza afirmou: "em suma, se o motorista não é cauteloso e permite a aquaplanagem do veículo (circunstância previsível), pratica conduta culposa e responde por eventual acidente decorrente do fenômeno".
(fonte: site Migalhas)

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • OS INCRÍVEIS 2
  • JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO
  • HEREDITÁRIO
  • TOP CLÁSSICOS - ACOSSADO
  • CINECLUBE - SUBMERSÃO
  • OITO MULHERES E UM SEGREDO
  • DEADPOOL 2