Publicado em: 29/06/2018 12h40 - Atualizado em 29/06/2018 18h10

Funcionário demitido

Servidor municipal de Chapecó (SC) foi demitido através de processo administrativo (PAD) porque faltou do trabalho por 38 dias seguidos. Ele ingressou na Justiça pedindo a anulação do PAD, alegando que as faltas foram ocasionadas por causa de uma depressão e pelo uso de crack, substância da qual reconheceu ser dependente por mais de 30 anos. O funcionário municipal afirmou também que foi internado duas vezes para se livrar do vício.
A 1ª Câmara de Direito Público do TJ de Santa Catarina manteve a sentença e validou o PAD. (fonte: site Migalhas)

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • OS INCRÍVEIS 2
  • JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO
  • HEREDITÁRIO
  • TOP CLÁSSICOS - ACOSSADO
  • CINECLUBE - SUBMERSÃO
  • OITO MULHERES E UM SEGREDO
  • DEADPOOL 2