Login |

HomeNotíciasCidade › Semana chuvosa deixa estragos por Indaiatuba
Semana chuvosa deixa estragos por Indaiatuba
Defesa Civil registrou queda de cinco árvores desde a segunda-feira, dia 13
Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Atualizado em 21/12/2010 às 14h46Publicado em 17/12/2010 às 11h34
Árvore quase cai sobre carro na Rua 13 de Maio, esquina com a Itororó
Eduardo TuratiÁrvore quase cai sobre carro na Rua 13 de Maio, esquina com a Itororó
O final do ano chega e junto com ele o período de chuvas. Indaiatuba sentiu nesta semana como deve ser o verão brasileiro, que começa na próxima quarta-feira, dia 22. Chuvas fortes deixaram rastros pela cidade desde o último sábado, dia 11. A Defesa Civil registrou a queda de oito árvores em diversos pontos da cidade. Com a chuva de segunda-feira, dia 13, no Jardim Vale do Sol, diversas casas chegaram a ficar duas noites sem energia elétrica. Na quarta-feira, dia 15, outra árvore caiu na Rua 13 de Maio, na esquina com a Avenida Itororó. Até a última quarta-feira, havia chovido 46,6 milímetros e os ventos chegaram a atingir 68 quilômetros por hora.

Na segunda-feira, foram registradas sete quedas de árvores. No mesmo dia, a Defesa Civil constatou 22 mm de chuva e ventos de até 68 quilômetros por hora. Segundo a Defesa Civil foram registradas oito ocorrências neste dia e todas foram atendidas com apoio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente.

As sete árvores que caíram atingiram a rede elétrica, causando falta de energia momentânea em alguns locais. Não houve registro de pessoas atingidas e nenhum prédio público foi afetado. Na terça-feira, dia 14, a Defesa Civil registrou precipitação de 24,6 mm.

As quedas das árvores na segunda-feira foram registradas nos cruzamentos das ruas Ântonio Cantelli com a José Estanislau Ambiel, na Ântonio Brunetti com a João Martini e na rua Custódio Cândido Carneiro, todas no Jardim Morada do Sol. Outra árvore caiu na Avenida Windsor Park, em Helvetia, e por último, houve queda de três árvores no Jardim Vale do Sol.

Susto
Na Rua Francisco Anselmo Scachetti, no Jardim Vale do Sol, uma árvore caiu sobre a fiação elétrica e derrubou um poste de iluminação, que quase caiu sobre a cerca de uma residência. O promotor de vendas Vagner Manoel Peres, de 35 anos, mora na casa que teve a cerca atingida. Segundo ele, que ficou duas noites na casa da irmã, já que a entrada de sua residência ficou obstruída, a árvore estava condenada havia três anos. “Pedimos para a Prefeitura podar esta árvore faz uns três anos, ela estava rachando ao meio, mas eles vieram aqui e disseram que a árvore estava saudável. Eu nunca consegui acesso a um laudo para ver o que eles alegaram”, lembra.

A Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL) esteve no local e efetuou a retirada do poste e da árvore e restabeleceu a energia elétrica, que afetou ao menos três chácaras na rua, segundo Peres. Além desta, outras duas árvores também caíram no bairro. Ainda na quarta-feira, pela manhã, a Tribuna registrou a queda de outra árvore, desta vez na Rua 13 de Maio, esquina com a avenida Itororó. A árvore quase atingiu um veículo que estava estacionado próximo ao local.

A Prefeitura informa, através da Assessoria de Comunicação Social, que não existe um laudo técnico sobre a situação de árvores. O governo municipal completa que, após o morador abrir o protocolo, é feita a visita ao local e é emitido um parecer técnico, anexado no próprio protocolo, que é encaminhado ao requerente, no caso o morador. No parecer, é explicitado o motivo da poda ou não de uma árvore.
Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Comentários (0)