Login |

HomeNotíciasPolícia › Investigação em Indaiatuba leva à apreensão de maconha em Salto
Investigação em Indaiatuba leva à apreensão de maconha em Salto
Droga foi encontrada na tarde de sexta-feira, dia 22, no bairro Jardim União
Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Atualizado em 01/04/2013 às 12h08Publicado em 28/03/2013 às 20h13Manoel Miranda - redacao@tribunadeindaia.com.br
Policiais do Denarc e a GM de Salto encontraram 16 tijolos
Valter Lenzi Jr./TaperáPoliciais do Denarc e a GM de Salto encontraram 16 tijolos
Na tarde de sexta-feira, dia 22, policiais do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) da capital paulista apreenderam 16 tijolos de maconha enterrados em um matagal na cidade de Salto. As investigações tiveram início em Indaiatuba, após apreensões no final de 2012.

O Departamento, sob comando do delegado Alexandre Gargano Cavalheiro e equipe de investigadores, com apoio da Guarda Municipal de Salto, encontrou a droga às margens da Rua João Jabour, no Jardim União.

Os 16 tijolos de maconha foram encontrados em um buraco, em meio a um matagal no mesmo local onde o Grupo de Operações com Cães (GOC) localizou outras embalagens vazias de drogas e 186 porções de crack.

Policiais do Denarc iniciaram a operação por volta das 4 horas. Três moradores em Salto foram vistos no local onde estava estocada a droga, mas, apesar do empenho da GM de Salto, eles conseguiram fugir, sendo apenas um deles identificado pelo Denarc.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, a apreensão em Salto ocorreu após um ano de investigações e continuidade dos trabalhos, depois que várias prisões e apreensões foram realizadas em Indaiatuba, no ano passado, com a descoberta de uma refinaria e maquinários.

Verificação
Segundo o Denarc, a maconha vem do Estado do Mato Grosso para Salto e, posteriormente, é distribuída para as cidades da região, incluindo Indaiatuba.

Todo o material apreendido foi encaminhado para a 2ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG) do Denarc, onde foi pesado e encaminhado para o Instituto de Criminalística (IC) da capital paulista, para a constatação das drogas e o laudo oficial do IC.
Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Comentários (0)